topo

Arquiteta Anna Dietzsch projeta parque linear para suportar enchentes na Vila Madalena 09 de agosto de 2013

 

Uma das arquitetas brasileiras mais reconhecidas e premiadas por projetos de fôlego em Nova York, nos Estados Unidos, será a responsável pelo projeto de um parque linear na Vila Madalena, em São Paulo, com o objetivo de suportar enchentes.

Ela se chama Anna Dietzsch e foi responsável pelo design da Praça Victor Civita, do 9/11 Museumm em Nova York, sem contar o projeto de reurbanização da terceira maior favela da cidade de São Paulo, o Jardim São Francisco. Anna é especialista em projetos de urbanização e agora fará todo o design do Córrego Verde, o novo parque da Vila Madalena.

 

 

Algumas imagens já foram divulgadas pelo Estado de São Paulo, mostrando como será o conceito do Parque Córrego Verde, que terá 65,4 mil metros quadrados e um grande diferencial: alta tecnologia para aumentar a absorção de água na região, que sofre com graves enchentes nas temporadas de chuvas.

“Ele funcionará como um minipiscinão já que, além de deixar a água entrar no lençol freático, ele próprio conseguirá reter a chuva e diminuir as enchentes. O problema das enchentes ali, porém, só vai ser resolvido com uma obra extra de aumento das galerias pluviais”, afirmou a arquiteta para o O Estado de S. Paulo.

O parque terá 1,6 quilômetro de extensão e a primeira fase será de desenterramento da nascente do córrego. Além de integrar algumas praças ao redor, algumas ruas de pouco movimento serão fechadas. Um evento chamado “Existe Rio em São Paulo” ajudou a promover a importância do tema, reunindo moradores para aproveitar diversas atrações musicais e artísticas.

A previsão é que a primeira fase possa levar até 12 meses para ser concluída e após esta etapa, ainda há outras quatro, que antes de serem iniciadas, passarão por licitação. A intenção é deixar São Paulo mais verde, mais leve e mostrar que o córrego pode harmonizar um pouco mais a vida na cidade grande.

 

 Fonte: Portobello

Comentar Publicação